CAS

APRESENTAÇÃO

Ajudando a transformar vidas!

O INÍCIO

 

Em 1995 iniciou-se um trabalho especial de auxílio aos toxicodependentes em bairros de alto risco (ex-Curraleira), em colaboração com o Desafio Jovem.

Em 2000 sentiu-se a necessidade de fazer um trabalho mais abrangente, dando resposta às carências diagnosticadas dos grupos de risco do Bairro do Condado (Marvila).

O Centro de Apoio Social (CAS) abre as suas instalações no Bairro do Condado, intervindo numa população mais abrangente (toxicodependentes, sem-abrigo e famílias carenciadas), através de valências dedicadas a reinserir o individuo.

 

O CRESCIMENTO (2000-2010)

 

O Centro Apoio Social (CAS) promoveu várias actividades desde a sua constituição até Março de 2010. Têm sido acompanhados cerca de 100 indivíduos por semana, os quais pertencem às camadas negligenciadas da nossa sociedade.

Este projecto teve duas campanhas de terreno, com apoio localizado: “Festival de Esperança” em março 2003 e “Festival de Vida” em setembro de 2006. Estes trabalhos tiveram um grande impacto na comunidade, evidenciando um gigante sentido humanitário e contaram o com a participação de centenas de voluntários, e um público de mais 1600 pessoas por campanha, onde 350 dessas pessoas foram devidamente acompanhadas e encaminhadas através do CAS.Na Casa de Reinserção Social (desde 2000) e Apartamento de Autonomia (desde 2009) realiza-se o acompanhamento dos indivíduos que terminaram programa de tratamento terapêutico, reinserindo-os na comunidade através de vários programas acordados com o IEFP.

Sentindo a necessidade de intervir junto das crianças e adolescentes do Bairro do Condado, surgiu o projecto de Apoio Escolar (2007), com o formato de ATL, no qual a instituição apoiou crianças e adolescentes com insucesso escolar; o projecto Atelier Artístico, com iniciação a técnicas de expressão artística, o projecto “Páscoa Diferente” com o objectivo de desenvolver competências pessoais e sociais, e prevenir comportamentos de risco.

No âmbito do apoio educacional, trabalhou-se também com crianças e adolescentes de famílias carenciadas nas zonas da Avenida de Ceuta, Moscavide, Odivelas, Graça e Alfama.
Tem-se desenvolvido ainda o apoio a mães solteiras (Projecto Abrigo Seguro). Nas Prisões realiza-se aconselhamento e acompanhamento em regime de licença precária, tendo um acordo com a Direcção Geral de Reinserção Social para esse mesmo acompanhamento exterior.

 

UM SONHO TORNADO REALIDADE (2010-Presente)

 

Em Outubro de 2003 assinou-se o protocolo de cedência de espaço municipal, por forma a ampliar as instalações do CAS. Devido a questões de planeamento do município, houve necessidade de relocalização, tendo a Câmara Municipal de Lisboa em Agosto de 2009, cedido um novo espaço, também no Bairro do Condado.

As novas instalações, têm permitido chegar mais perto das carências da população, quer da freguesia de Marvila, quer de outras zonas da Grande Lisboa.

As valências do CAS (inauguradas em Maio de 2010) passam a abranger as seguintes áreas: serviço de apoio domiciliário, lavandaria/rouparia, centro de atendimento a toxicodependentes, refeitório social, apoio jurídico, assistência clínica, apoio psico-social, balneário, ATL, entre outros.

Respostas Sociais - Ajudando a transformar vidas!